Blog - Baby Quer
Roupas de bebê: consumo consciente desde o berço
Mãe de primeira viagem!Roupas para Bebê,

- Por: babyquer

Uma coisa é fato: a maternidade faz com que a gente se sinta responsável pelo futuro dos nossos pequenos e foi a partir desse sentimento que a Baby Quer surgiu, como uma forma de conscientização desde o berço. Por exemplo, você sabe quanta água é necessária para fabricar roupas de bebê? Para produzir 1 body de algodão são utilizados cerca de 2,7 mil litros de água.

Alem disso, os bebês passam, em média, por 7 tamanhos de roupas do nascimento até os 2 anos de idade e devido ao crescimento acelerado, muitas roupinhas são usadas pouquíssimas vezes antes de serem descartadas, fazendo com que a gente compre cada vez mais. 

Mas, a boa notícia é que as práticas de consumo estão sendo reformuladas e reinventadas, pode-se dizer até que é uma tendência buscar por alternativas mais econômicas quando falamos em roupas de bebê. E por econômicas entenda não somente pelo ponto de vista financeiro, mas principalmente sob o aspecto sustentável e de consumo consciente

Neste artigo, nós vamos te mostrar que é possível comprar todas as roupinhas que o seu bebê precisa de forma prática e mais econômica.

Consumo consciente de roupas de bebê

roupas-para-bebe-por-que-alugar-consumo-consciente

Você já ouviu falar de economia circular? Este é um conceito de desenvolvimento sustentável que tem como objetivo incentivar a redução de lixo e a reutilização de produtos. Por exemplo, uma única peça de roupa de bebê, pode levar de 10 a 50 anos para se decompor dependendo do material.

Foi diante deste cenário que a economia circular ganhou forças, como uma estratégia para reduzir não apenas os gastos como também o consumo exagerado. Quando nós falamos sobre roupas de bebê isso não é diferente! Confira abaixo algumas dicas de como economizar no enxoval do seu pequeno.

3 dicas para economizar comprando roupas de bebê

roupas-para-bebe

Agora que você já conhece o conceito de economia circular, vamos falar sobre como colocar isso em prática. Mas, antes disso, nós temos uma dica de ouro para você: mude a sua forma de pensar sobre o consumo.

Diariamente, somos bombardeados por anúncios, propagandas e informações que nos enchem os olhos e a gente sabe como é difícil não sair comprando tudo o que vemos pela frente. Mas, é possível montar o enxoval dos sonhos e garantir tudo o que o seu filho precisa de forma mais consciente. Então, aí vão 3 valiosas dicas:

Repasse - algo que você, provavelmente, já faz!

A primeira alternativa para redução desse desperdício, é o repasse das roupas de bebês de uma mesma família, ou entre amigos.  Isso, além do fator econômico, tem alto valor sentimental agregado. Com certeza, se você vir um outro bebê usando uma roupinha que já foi do seu filho, vai gerar memórias alegres e saudosas.

Brechós com Roupas

Em segundo lugar estão os brechós, físicos ou online. O segmento teve crescimento de 44% nos últimos dois anos, já está consolidado em países como os Estados Unidos e Canadá e vem se popularizando, também, no Brasil. Ótima opção para quem quer montar o enxoval do bebê sem gastar muito e visa um consumo consciente e responsável.

Economia Compartilhada

Por fim, já como uma alternativa mais inovadora, e provavelmente a mais consciente sob ambos os prismas, financeiro e ambiental, está a economia compartilhada, também conhecida como economia circular.

Aqui na Baby Quer é possível assinar, pelo celular ou computador, um plano de aluguel que atenda as suas necessidades! Todos os meses você recebe em sua casa as roupas de bebê que seu filho vai precisar vestir durante 30 dias. E o melhor, você pode encontrar o kit perfeito sem precisar sair de casa, com toda rapidez e praticidade. 

Se quer economizar, alugue!

roupas-para-bebe-por-que-alugar-consumo-consciente

A BabyQuer oferece serviços de locação e troca de roupas de bebê. A economia gira em torno de R$30,00 por peça e você não precisa se preocupar com nada além de escolher o plano que mais se encaixa para você e sua família. 

Já pensou não precisar sair de casa para comprar as roupinhas do seu pequeno? Ainda mais em tempos de distanciamento social.  

Seu bebê cresceu? Em alguns cliques você altera o tamanho do seu kit! Não precisa mais ficar angustiada pensando no que fazer com aquele tanto de roupas de bebê que não servem mais. Dessa forma, você estará consumindo de forma muito mais consciente.

Uma mesma peça de roupa passa por 5 famílias em média, isso reverte em uma economia de mais de 10 mil litros de água, fora a redução de todos os produtos e processos químicos utilizados na indústria têxtil, bem como o lixo produzido por toda a cadeia, da produção à venda. Esse é o conceito e o propósito do consumo consciente e da economia circular.

Após sair do nosso ciclo de aluguel as roupinhas são doadas para bebês carentes de nossa cidade. Aliás, já conhece o Projeto Baby Quer - Bem? Já fizemos nossa primeira doação e estamos nos estruturando para ajudar o maior número de famílias possível. 

roupas-para-bebe

O aluguel de roupas de bebê é a solução perfeita para você que busca formas de consumo consciente, visando o menor impacto socioambiental e a redução dos gastos. Além disso, queremos que o seu tempo seja gasto com o que realmente importa: aproveitar os momentos em família com alegria e saúde!

Conheça mais sobre a BabyQuer e veja o que podemos fazer para facilitar sua vida e tornar seu consumo mais consciente.

Comentários

Deixe seu comentário

Leia mais posts