Blog - Baby Quer
Lavagem nasal: como funciona e quando realizar?
Dicas

- Por: babyquer

Esfriou e o nariz do seu bebê está entupido de novo, não sabe mais o que fazer? Vem com a gente porque hoje nós estamos aqui para falar sobre a tão conhecida (e também temida por muitos) lavagem nasal. Convidamos a Dra. Cristiane Popoaski, médica otorrinolaringologista, para falar conosco e esclarecer algumas dúvidas comuns sobre o assunto.

 

Este bate papo aconteceu em formato de vídeo e postamos no Instagram da Baby Quer e o assunto interessou tanto os papais e mamães de plantão que decidimos compartilhá-lo aqui no nosso Blog também.

 

O que é lavagem nasal?

 

lavagem-nasal

 

Antes de tudo, é importante explicar que a lavagem nasal é um procedimento de higiene, em que a cavidade nasal é lavada com soro fisiológico ou com outro produto específico para isso, como por exemplo os spray nasal aerosol de jato contínuo.

 

Em linhas gerais ele tem como objetivo eliminar o muco e os resíduos do nariz e seios da face, a fim de melhorar a respiração, aliviar os sintomas da coriza e até mesmo o ressecamento do nariz.

 

Qual o benefício desse procedimento?

 

Além dos benefícios citados acima, a lavagem nasal é muito indicada para manter um fluxo regular das vias aéreas do bebê. Isso melhora não apenas a respiração como também favorece o sono, permitindo que os pequenos durmam mais tranquilamente.

 

Outro ponto importante é que este simples procedimento evita a necessidade de tratamentos mais complexos, como explica a Dra. Cristiane. "Você sabia que este ato simples de lavar o nariz pode reduzir em até 60% a necessidade do uso de outras medicações, além do soro, em quadros de resfriado? O nariz da criança, principalmente quando muito bebezinho, é mais estreito e qualquer secreção pode atrapalhar a passagem do ar."

 

Este é um método simples e barato que pode proporcionar mais bem estar aos seus pequenos.

 

Mas por quê fazer a lavagem nasal no meu filho?

 

lavagem-nasal

 

Durante os primeiros meses o bebê ainda não sabe respirar pela boca, então ela respira apenas pelo nariz. Por conta disso, tudo que estiver no caminho da passagem do ar vai dificultar a respiração e pode contribuir para o aumento de secreção.

 

Existem diversas formas de se fazer a lavagem e as principais são: spray aerosol, conta gotas e seringa, e a quantidade de soro também pode variar, conforme adaptação da família e aceitação do bebê e da criança.

 

É de responsabilidade dos pais incorporar este hábito na rotina dos filhos e embora o início seja mais complicado, a medida que a criança se adapta este processo se torna cada vez mais fácil.

 

Lembrando que devemos sempre consultar um médico e seguir as suas recomendações, para saber qual o fluxo e forma adequada de fazer.

 

Como realizar este procedimento?

 

A lavagem nasal deve ser entendida como parte da rotina das crianças, assim como escovar os dentes. Ela precisa ser feita diariamente e de preferência mais de uma vez por dia, vamos então as dicas da Dra. Cristiane sobre como colocar esse procedimento em prática no nosso dia a dia:

 

"O ideal é fazer a lavagem a cada troca de fralda, ou pelo menos na hora do banho, para fazer com que isso realmente entre na rotina de higiene do bebê"

 

Aqui, pessoalmente, eu adotei essa dica e faço a lavagem todos os dias no banho mesmo. Para isso, eu preparo o soro antes de entrar no chuveiro e realizo a lavagem nasal na pequena Maria e em mim também. Assim, evita o transtorno de ter que ser feito com auxílio de uma toalha ou na pia do banheiro.

 

Porém, quando a Maria fica resfriada ou com tosse,  eu passo a fazer o procedimento 3X por dia, e os benefícios são percebidos rapidamente.

 

Meu filho se incomoda muito com a lavagem nasal e agora?

 

Entendemos que alguns pais podem ter dificuldade para fazer a lavagem, principalmente porque os bebês e crianças são mais relutantes quanto à este procedimento. Mas existem várias formas de tornar o momento menos desagradável e mais lúdico, o que facilita a aceitação.

 

Nossa dica pessoal é: quanto mais cedo você começar, melhor! Por aqui nós incorporamos esse hábito na rotina desde que a Maria era muito pequenininha, e por isso ela aceita numa boa até hoje.

 

No nosso vídeo no Instagram tem mais informações sobre o tema, e a Dra. Cristiane demonstra também a posição mais adequada para realizar a lavagem nasal. Clique aqui e saiba ainda mais sobre esse assunto:

 

Esperamos que este conteúdo faça sentido pra você!

 

Com carinho, equipe Baby Quer.

Comentários

Deixe seu comentário

Leia mais posts